Adolescência e Juventude

Adolescência e juventude: Estudo sobre situação de risco e fatores de proteção no município de Fortaleza.

A pesquisa, já concluída, fez parte de um projeto de intercâmbio entre o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFC (Mestrado) e o Programa de Pós-Graduação em Psicologia da UFRGS (Mestrado e Doutorado) que foi contemplado com financiamento do CNPq, através do Edital 16/08 “Casadinho”. Trata-se da atividade central do projeto e tem vários desdobramentos investigativos que serão desenvolvidos pelas professoras do Mestrado em Psicologia que estão vinculadas ao projeto maior.

A pesquisa em pauta teve por objetivo realizar o perfil biossociodemográfico de adolescentes e jovens da cidade de Fortaleza, enfocando aspectos relacionados à educação e ao trabalho; saúde e qualidade de vida; comportamentos de risco; fatores de risco, e fatores protetores sociais e pessoais. No caso específico do projeto investigativo aqui delineado, teve metodologia quantitativa, com instrumento básico um questionário com perguntas fechadas envolvendo os aspectos citados acima. Foram aplicados até 1.140 questionários em adolescentes e jovens de ambos os sexos e na faixa etária de 14 a 24 anos, vinculados a escolas públicas situadas nas seis regiões de Fortaleza. Os dados foram analisados através de procedimentos estatísticos descritivos e inferenciais com análise de correlação entre variáveis. Após essa análise, foi traçado o perfil dos adolescentes e jovens de Fortaleza que se encontram em situação de risco pessoal e social e os possíveis fatores protetores. A pesquisa intentou produzir um diagnóstico que promova discussão ampla entre a sociedade civil e agentes públicos estatais e não estatais, e que possa vir a embasar a implementação de políticas públicas voltadas ao enfrentamento das situações de risco a que adolescentes e jovens estão submetidos.